Uma das coisas que faz com que eu me sinta estagnada, sem energia e pouco criativa é um ambiente desorganizado. Isso se reflete diretamente no meu estado de ânimo, nas minhas emoções e, consequentemente, nos meus resultados.

E foram essas mesmas emoções que me “alertaram” o quanto algumas coisas no meu entorno precisavam de movimento. Sim, movimento para circular e fluir melhor a energia na minha vida.

Imagine uma fonte de água fluindo livremente. Por algum motivo, essa mesma água ao sair da fonte fica “estagnada” em algum outro ponto. Se não houver movimento a água começa a “apodrecer”… Ou seja, perde sua conexão com a fonte.

O mesmo acontece com a gente em nosso ambiente de trabalho, ou mesmo, em casa. Energia parada gera resistência. E resistência gera bloqueios.

Tudo é energia. Está cientificamente comprovado. Portanto, um ambiente desorganizado, com energia parada, tende a baixar nossa frequência também.

O corpo sente. E nos envia sinais!

Sabe aqueles objetos que ficam “esquecidos” por meses no mesmo lugar? E aquelas roupas que você não usa mais, mas também não doa? Sem falar nos móveis que estão na mesma posição há anos. E, os papéis e documentos que não tem mais utilidade e ficam ocupando espaço físico e “roubando” sua energia.

São essas coisas/energia parada que acabam criando resistência e gerando bloqueios em nossas vidas.

Qual o sentido das coisas se não for para o nosso bem-estar?

Foi então que notei o alerta que meu corpo estava me enviando. Percebi quantas coisas esquecidas no tempo estavam perto de mim (e que não estavam mais em sintonia comigo). Mas, por estarem relativamente organizadas nos seus “devidos lugares”, não me dei conta da importância de movimentar essa energia.

Segui minha intuição!

Fui reorganizando cada canto da sala – mesmo aqueles que aparentemente estavam em ordem. A estante e os objetos na varanda do apartamento e, também, o meu espaço de trabalho.

Intencionei esse momento de reorganização, acendi um incenso para me ajudar a me conectar com a sintonia, coloquei uma música (daquelas que tocam o coração) e então: limpei, mudei de lugar, organizei e reorganizei, separei, guardei e, também doei. Alguns móveis e objetos voltaram para o mesmo lugar, outros ganharam novos espaços. Definitivamente, a energia e sintonia eram outras.

Aprendi que o objetivo da organização é, antes de tudo, elevar nossa frequência vibracional. A organização coloca nossa vida em ordem; traz clareza de pensamento e tranquilidade emocional para criarmos uma vida com mais propósito. E com isso, gera conexão e evolução em tudo ao nosso redor.

Além, de uma vida muito mais sintonizada e organizada!

 

Cristina Cipolla

Cristina Cipolla

Minha missão é inspirar e empoderar mulheres a se expressarem e transformarem suas vidas, e seus negócios, de uma forma autêntica e integrada com seus valores essenciais para uma vida com muito mais significado.

Minha missão é inspirar e empoderar mulheres a se expressarem e transformarem suas vidas, e seus negócios, de uma forma autêntica e integrada com seus valores essenciais para uma vida com muito mais significado.