Li outro dia, alguns capítulos de um livro escrito por um sábio Iogue* que eram originais e nada convencionais… Isso me fez pensar, o quanto nos prendemos a modelos, padrões e convenções que não funcionam mais. Fomos educadas (e educados) a acreditar e valorizar muito mais os aspectos visíveis da vida, do que os aspectos “invisíveis” da vida… Ou seja, aquilo que vem de nós; da nossa essência.

Reconhecemos nossos próprios pensamentos – que muitas vezes rejeitamos – nas ideias materializadas de outras pessoas; daqueles que tiveram coragem de trazer ao mundo o seu melhor. Não é preciso ser Marie Curie, Platão, Virgínia Woolf ou Einstein (sem minimizar o impacto que tiveram no mundo e em nossas vidas) para expressar com genialidade seus dons e talentos no mundo.

Sabe porque?

Porque há uma mudança exponencial em curso… e VOCÊ é parte essencial dela!

Tudo está se transformando, e se você prestar atenção, vai perceber que essa nova perspectiva está pedindo um novo olhar; uma nova forma de atuar no mundo; e um entendimento mais amplo sobre quem você é…

Ler mais